Tel: +33 44 226 4034 • Cel: +33 60 901 4797 • Fax: +33 44 227 2862 site@naprovence.com
Horário local: 07:40 hrs • Atendimento em horário comercial (das 9:00 às 17:00 hrs)

Agência de viagem especializada no sul da França

San Fruttoso e a sua abadia são uma pausa para esquecer o mundo.

San Fruttoso e a sua abadia são uma pausa para esquecer o mundo.

Para chegar nessa micro-cidade italiana a 420Km de Aix-en-Provence você tem como opção uma bela e longa trilha que vem de Portofino (entre três e cinco horas a pé), ou como escolhemos, o barco  – onze euros por pessoa, crianças grátis – que pegamos em Camogli (você também pode pegar o barco em Rappalo, Santa Margherita Liguri e Portofino). Nessa vila de pescadores, onde não chega nenhuma estrada – deu para ter uma idéia do local? – você pode admirar e visitar a abadia de San Fruttuoso – erguida entre os séculos XIII e XVI (cinco euros o bilhete) – ou curtir os primeiros raios do sol da primavera em uma minúscula praia de seixos. Mas para isso precisa descer do barco e encarar uma série de escadarias em pedra, ou seja, o passeio não é indicado para quem enjoa em barco, cadeirantes e carrinhos de...
Hoje foi dia de carnaval com direito a fantasia de coelho e muito confete e serpentina.

Hoje foi dia de carnaval com direito a fantasia de coelho e muito confete e serpentina.

Legumes, frutas, animais, mas também princesas, heróis e tudo o que você puder imaginar estava colorindo os espaços abertos da escola da Chloé hoje. A festa, completamente fora do calendário religioso, e que não tem nada a ver com uma piada de primeiro de abril, reuniu crianças e orgulhosos pais e as suas incríveis maquinas fotográficas. Como você pode ver, a minha menina foi de coelho. O kit com os acessórios (orelhas, rabo, gravata borboleta, e os punhos), a saia de tule e a echarpe em plumas comprei na Claire’s por 34,85 euros. Por falar nessa loja, nela encontramos: maquiagem, chapéus, bijouterias, caderninhos, enfeites para o cabelo, meias, esmaltes e outros mimos que fazem a alegria de adolescentes com menos ou mais de trinta anos. O colant do balé, a meia-calça e o tênis metalizado já estavam em casa, como a maquiagem. E o melhor, fiz duas fantasias pelo preço de uma e garanti a presença do coelho da Páscoa aqui em casa neste ano. Claire’s, 17, Rue Mar Foch, Aix-en-Provence, 04 42 27 99...
Das ondas do Rio para as pistas geladas da Provence.

Das ondas do Rio para as pistas geladas da Provence.

Adaptação é isso! O Felipe – 8 anos – gosta de pegar onda e estava acostumado ao calor, ao sal e ao surf na praia do Forte em Cabo Frio, no Rio de Janeiro. Com a transferência do pai para um período de trabalho de dois anos no sul da França ele não se fez de rogado e depois de começar a falar o francês antes da mãe – desculpe amiga, não resisti – ele está descobrindo as delícias das atividades esportivas feitas na montanha e na neve (estação de Pra-Loup em Barcellonnete) e mostrando que tem muito talento para qualquer tipo de prancha. Fotos Marco Aurélio Bruno Cresto.   Fotos...

Ser mãe sem culpa: coisas chatas que descobri com a maternidade.

Fiz essa listinha em um dia que estava com vontade de morder a parede e coloquei na geladeira para me lembrar que mãe perfeita não existe. Fique à vontade para exorcizar os seus demônios e acrescentar outras coisinhas que possa ter esquecido. Vamos ao top 25 das coisas mais chatas com as quais passei a conviver depois da maternidade: 1-) que choro de criança pode ser mais insuportável do que qualquer chefe, 2-) que o grito de criança é ainda mais duro de suportar do que o choro, 3-) que o pacote de fraldas e a lata de leite sempre acabam no domingo quando o estoque está a zero, 4-) que o sonho de ver a sua menina linda vestida de bailarina termina logo na primeira aula quando ela faz cara-feia-e-empaca. Mas o espetáculo continua porque o curso já foi pago, 5-) que filho acha que mãe não se cansa, não se machuca e é imortal, 6-) que arrumar os brinquedos espalhados pelo quarto seis vezes por dia tira qualquer cidadã do sério, 7-) que ter a obrigação de cozinhar bem e equilibrado todos os dias me dá uma saudade enorme dos tempos de solteira e do “miojo” mesmo estando na França, 😎 que falar dos filhos – nossos e alheios – pode se tornar o único assunto de qualquer conversa – chata, 9-) que toda mãe acha o seu filho o mais bonito, interessante, inteligente…mesmo que seja o mais mimado, chorão, desobediente e desagradável ser que alguém possa ter parido, 10-) que repetir a mesma frase-ordem-orientação-conselho mais de cinquenta vezes por dia é o melhor exercício de paciência que pode existir,...

Vou passar uma temporada em Aix-en-Provence, meus filhos vão poder estudar?

Aproveitando a dúvida de uma leitora fiz uma pesquisa na prefeitura e a resposta é a seguinte: qualquer pessoa que venha passar alguns meses ou mais em Aix-en-Provence pode inscrever os seus filhos nas escolas públicas locais (que são gratuitas). O serviço – Direction des Affaires Scolaires –  funciona no N° 19, rue Lisse Saint-Louis, das 8h às 12h15 e das 13h15 às 16h30. Para fazer a sua inscrição você vai precisar apresentar : – certificado de nascimento das crianças, – cópia do comprovante de vacinação em dia (pólio, etc.) – identidade/passaporte/visa, – contrato de aluguel/endereço. Se precisar de mais informações o mail é portalj@mairie-aixenprovence.fr e o telefone o 04 42 91 95 47. A inscrição se faz pessoalmente e existem vagas disponíveis em qualquer momento do...