Contato : +33 (0)4 42 26 40 34 WhatsApp : +33 (0)6 09 01 49 97

“Assassinatos na Academia Brasileira de Letras”, de Jô Soares.

Não vejo muitos autores brasileiros nas prateleiras por aqui. Tirando Paulo Coelho, não me lembro de ter visto nenhum outro. Por isso a boa surpresa da última sexta-feira.

Um livro do Jô Soares exposto com honras em uma das livrarias mais movimentadas da cidade. Paguei os vinte euros pelo exemplar de “Meurtres à l’Académie” e voltei pra casa feliz da vida. Fiquei com saudades do Jô. Mas a nostalgia passou logo nos primeiros parágrafos.
O romance policial escrito em 2005, que em português se chama “Assassinatos na Academia Brasileira de Letras”, conta a história de uma série de crimes contra os Imortais, como indica o título, e a investigação do caso pelo policial Machado Machado. Está sendo um prazer encontrar de novo o Jô, pela facilidade que ele tem de conduzir o leitor pelas ruas do Rio de Janeiro de 1924, por descobrir uma infinidade de produtos e detalhes históricos que devem ter exigido um enorme trabalho de pesquisa e pelo seu humor refinado.
Quando estava no Brasil gostava de assistir suas deliciosas entrevistas antes de dormir e no cinema vi a adaptaçao de “O Xangô de Baker Street“, agora tenho 234 páginas de boa leitura que com certeza vão me deixar com um gostinho de quero mais….
Adendo – Terminei o livro em quatro dias, leitura fácil, gostosa e divertida. Recomendo.

Procurando hospedagem ? 

Clique aqui e veja com quem trabalhamos: Booking. 

A nossa assessoria é gratuita para todos os clientes que optam por se hospedar com os nossos parceiros. Além de contar com a consultoria de quem conhece e mora na Provence, você não paga mais nem um centavo por isso.

Aguardamos o seu mail caso tenha alguma dúvida de como funciona o nosso serviço: site@naprovence.com.

Tags:, , ,

Deixe um comentário

Nota: Os comentários no site refletem as opiniões de seus autores, e não necessariamente as opiniões do portal de internet NaProvence. Você deve abster-se de insultos, palavrões e expressões vulgares. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário sem aviso prévio ou explicações.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são assinados com *