Contato : +33 (0)4 42 26 40 34 WhatsApp : +33 (0)6 09 01 49 97

Um motivo a mais para não vir à França durante o inverno: a gastro-enterite.

O inverno na França é lindo como todas as outras estações. Para quem gosta de esquiar e de comer frutos do mar (a tradição da mesa no Natal) esta estação é um prato cheio. Mas se seu interesse não é o ski, você não gosta do frio e não quer terminar seus dias às cinco da tarde porque já é noite vou lhe dar um novo argumento para escolher um outro período para vir ao país: a gastro-enterite. Conheci a dita-cuja na primeira viagem que fiz para me encontrar com a família do Nicolas no Révéillon de 2004. Peguei o avião de volta para o Brasil com cólicas, vômitos, diarréia, febre, uma enorme dor de cabeça e pensando : “…ai meu Deus, acho que desta vez embarco…Meu cunhado italiano que estava me esperando em Roma junto com a minha irmã e a minha mãe (com quem voltaria para casa) disse, brincando, que tinha sido a comida francesa que me fez tanto mal. Mas não foi a culinária francesa e sim uma virose que me levou a nocaute. Assim que me estabeleci na França fiquei íntima da tal gastro, uma epidemia que se espalha no fim de ano como os votos de Feliz Natal! O culpado é um vírus que ataca os organismos fragilizados pelo inverno e com baixa imunidade fazendo literalmente a festa, acabando com o moral e com a saúde de muita gente. Em dezembro de 2008, 790 mil pessoas – euzinha entre elas – se consultaram por causa do problema. Os sintomas são os mesmo de uma infecção intestinal, mas muito mais violentos. Normalmente não é grave, o único perigo é a desitração (beber muita água e chá ajuda na recuperação) e a doença passa com a ajuda de rémédios ou mesmo sem eles em dois ou três dias de cama. Agora você já sabe, se estiver na França durante o inverno e começar a sentir cólicas dolorosas pode procurar um médico: a gastro veio lhe dar às boas-vindas.

Procurando hospedagem ? 

Clique aqui e veja com quem trabalhamos: Booking. 

A nossa assessoria é gratuita para todos os clientes que optam por se hospedar com os nossos parceiros. Além de contar com a consultoria de quem conhece e mora na Provence, você não paga mais nem um centavo por isso.

Aguardamos o seu mail caso tenha alguma dúvida de como funciona o nosso serviço: site@naprovence.com.

Tags:, , , , ,

Deixe um comentário

Nota: Os comentários no site refletem as opiniões de seus autores, e não necessariamente as opiniões do portal de internet NaProvence. Você deve abster-se de insultos, palavrões e expressões vulgares. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário sem aviso prévio ou explicações.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são assinados com *