Contato : +33 (0)4 42 26 40 34 WhatsApp : +33 (0)6 09 01 49 97

Procurando onde estudar francês em Marselha? Veja as dicas do Jorge Bounassar.

“Completo três meses de França no próximo dia 4 de julho, em Marseille para ser mais preciso, e posso dizer que por enquanto tudo está correndo as mil maravilhas. Vim para cá com a ideias de aprender a língua francesa para posteriormente iniciar um curso de mestrado. A primeira dica para quem quer vir para a França estudar a língua e passar um tempo é: pesquise bastante e venha por conta. As empresas que prestam esse tipo de serviço no Brasil, como STB, World Study e etc., cobram taxas absurdas e jogam o preço da viagem lá em cima…Todas as informações que precisamos estão na internet, só tem que procurar um pouco! Sobre o curso de francês em Marseille, vi uma dica aqui no site e decidi correr atrás. Estou estudando no Institut Destination Langues e posso dizer que vale muito a pena. Eles tem um preço bem abaixo das outras instituições como a Aliança Francesa por exemplo mas são muito competentes. Uma colega de classe americana fez o curso na Aliança e no Institut e ela me disse que prefere a nossa escola. Um dos professores é fissurado pelo Brasil e fala muito bem o português o que para mim facilitou muito as trocas de e-mail para acertar os detalhes da minha chegada. Com relação a moradia, pelo que estou vendo aqui depende muito do tempo da estadia. Como vou ficar bastante tempo, entrei em contado com o pessoal da AXIS – quando estava no Brasil ainda. Agora estou morando no sistema de colocation, que significa que alugo um quarto em uma apartamento com mais pessoas, cada um em seu quarto. A vantagem é que geralmente os apartamentos são muito bem localizados, grandes e o aluguel fica muito mais barato. Além disso, independente do número de pessoas no apartamento, no meu caso são quatro quartos, o valor do aluguel não muda. O valor dos aluguéis aqui são bem salgados, neste sistema de colocation giram em torno de 400 euros. A agência exige um deposito de garantia equivalente a dois meses de aluguel que são devolvidos no final do contrato, o que me pegou de surpresa, eu havia entendido que seria um cheque calção, e que portanto não seria depositado. Ledo engano, menos 880 euros do meu orçamento. Para quem vem para ficar pouco tempo, a escola fornece um serviço de moradia em casa de família, que também funciona super bem. No meu primeiro mês aqui eu fiquei na casa de uma senhora húngara com mais uma americana e com direito a café da manhã e jantar. Por um mês acho que vai bem, mais do que isso para mim pelo menos acho complicado. Por mais que você tenha pago e tudo mais, no fim do dia você está dormindo na casa de alguém. Não tem como ter muita liberdade. Outra dica que acho importante, é a respeito de como trazer dinheiro para cá. Sugiro o VTM ou Visa Travel Money, pelo que pesquisei é o jeito mais barato e seguro. Como eu vou ficar um bom tempo aqui, abri uma conta no banco HSBC aqui de Marseille, e para receber dinheiro do Brasil, o pessoal lá carrega o cartão para mim, eu saco o dinheiro aqui e deposito no banco, sai mais barato e é mais rápido do que transferência bancária. Bom, acho que é isso aí. Espero que tenha ajudado. Abraços, Jorge.”
Depoimento  Jorge Bounassar.

Procurando hospedagem ? 

Clique aqui e veja com quem trabalhamos: Booking. 

A nossa assessoria é gratuita para todos os clientes que optam por se hospedar com os nossos parceiros. Além de contar com a consultoria de quem conhece e mora na Provence, você não paga mais nem um centavo por isso.

Aguardamos o seu mail caso tenha alguma dúvida de como funciona o nosso serviço: site@naprovence.com.

Tags:, , , ,

35 Replies to “Procurando onde estudar francês em Marselha? Veja as dicas do Jorge Bounassar.”

Fernanda Souza
6 julho 2011
Concordo com o Jorge que a gente correndo atrás sai bem mais barato. Com a internet tá tudo tão fácil que até minha passagem comprei por um valor que agência de viagem nenhuma conseguiu bater. Mas fiquei com uma dúvida, se o Jorge tem passaporte europeu ou coisa assim, pois também estou indo estudar para me preparar para um mestrado e achei o curso de um ano com cara horária de 20h (exigido para o visto) ainda um pouco salgado... vou estudar no SCEFEE, da Université de Provence em Aix.
Responder
    AnaTe
    7 julho 2011
    Oi Fernanda, acho que o Jorge tem passaporte europeu ou estou confundindo a informação com outro leitor (como recebo vários mails por dia as vezes acontece). Vou encaminhar a sua duvida pra ele, mas nao entendi o que isso teria a ver com o valor do curso...Ah! Você ja encontrou o apartamento? Beijos!
    Responder
AnaTe
7 julho 2011
Oi Fernanda, olha a resposta do Jorge: "De fato eu tenho passaporte europeu, mas também não entendi a relação com o curso, o valor é o mesmo para ambos os casos. Se você for fazer o curso no Intitut por exemplo, eles enviam um comprovante de inscrição para você levar ao consulado para poder tirar o visto estudante. De qualquer forma, veja certinho a duração do seu visto. Pelo que eu entendi, você pretende continuar com um mestrado depois correto? Talvez seja melhor você ter um documento da universidade para conseguir um visto mais longo.... Posso estar falando besteira agora porque não conheço bem o assunto, mas pelo que eu entendi do pessoal que conheci aqui, para renovar o visto é necessário retornar ao Brasil. Mas veja certinho porque eu realmente não tenho certeza.... Qualquer outra coisa que precisar ou qualquer dúvida me coloco a disposição!!"
Responder
AnaTe
7 julho 2011
E aqui esta a resposta da Fernanda ao mail do Jorge: "A questão é que para visto de estudante é necessário um curso com carga horária de 20h semanais. Na escola do Jorge, um curso anual com essa carga horária custa 4800€, e o curso de 8h semanais 1960€, um pouco mais do que vou pagar pelo curso em Aix e que tem 20h por semana como exige o visto. Perguntei porque como vou morar em Marseille, pesquisei vários cursos pois queria estudar na cidade e não encontrei nada que fosse num valor tão bom quanto o da Universidade em Aix. Quando li o post do Jorge falando do seu curso, achei que não tinha pesquisado nesse, mas realmente tinha visto sim, e para quem precisa de visto, acaba saindo mais caro mesmo. Ainda menos que na Aliança Francesa. Quanto ao mestrado, vou fazer o curso anual para a proficiência e então começar a minha candidatura na França, se aprovada pela Universidade, posso pedir a renovação do visto para continuidade dos estudos, sem a necessidade de retornar ao Brasil. Comentei só para ter um outro ponto de vista, pois para quem precisa de visto, ainda vale a pena pesquisar um pouco mais ;) Ana, assim que eu receber meu visto eu posso compartilhar minhas experiências no site ;)"
Responder
AnaTe
7 julho 2011
Vou ficar aguardando as suas dicas Fernanda, obrigada. Beijos!
Responder
Sergio
23 setembro 2012
Ola, Poderia me passar o contato do professor? Obrigado
Responder
    AnaTe
    24 setembro 2012
    Ola Sérgio, me desculpe, mas nao sei de qual professor esta falando. Um abraço!
    Responder
Andre
3 fevereiro 2013
Ola, tudo bem? Quero muito fazer meu mestrado em Marseille ou Aix, cidades que gosto muito, e gostaria de pedir ajuda com duas duvidas: estou fazendo frances na af, pelo que entendi voces aconselham fazer o frances ai mesmo? E possivel estudar e trabalhar simultaneamente? Durante o mestrado e possivel? Nao tenho cidadania europeia mas tenho a possibilidade de tirar por Portugal, faz muita diferenca para conseguir entrar no mestrado? Obrigado.
Responder
    Anatê Merger
    3 fevereiro 2013
    Ola Andre, tudo bem? O seu nivel de francês é muito bom? Você escreve bem em francês? So venha fazer um mestrado quando se sentir seguro na lingua, se nao vai perder tempo e dinheiro. Sim, estando aqui você poderia estudar e trabalhar, conheço algumas pessoas que fazem isso. A cidadania nao faz nenhuma diferença no mestrado (que exige uma prova de titulos e uma entrevista oral em francês), mas pode lhe ajudar na obtençao do visto. Um cidadao europeu tem mais facilidades. Boa sorte com o seu projeto. Um abraço!
    Responder
      Antonieta
      30 setembro 2013
      Ana, Fiz um curso em Lyon de 40h para maiores de 50 anos. Fiquei na casa de uma pessoa maravilhosa. Gostaria de repetir a experiência em outra cidade e gostaria de saber se existe essa opção em Marseille? E como funciona a hospedagem se a pessoa não optar por casa de família. Obrigada!
      Responder
        Margarida
        29 novembro 2013
        Olá, Antonieta. Pode me dar dicas de curso de francês para adultos maiores de 50 (cidade, escola, hospedagem ). Grata Margarida
        Responder
          Anaté Merger
          12 dezembro 2013
          Oi Margarida, tudo bem? Vou lhe enciar um mail com uma sugestao. Um abraço!
          Bárbara
          9 março 2019
          Olá, Estou procurando cursos de Francês em Marselha, que possa emitir visto de estudante. Você teria alguma escola para me indicar. Agradeço desde já.
          Na Provence
          9 março 2019
          Bom dia Bárbara, os cursos de francês não emitem visto, isso é feito no Consulado da França no Brasil. Para obter o visto, você precisa confirmar a matrícula e o pagamento no curso. Trabalhamos com uma ótima escola em Aix-en-Provence e lhe ajudamos no que for preciso. Avise se houver interesse e enviamos as datas de inscrição e preços. Abraço.
EDUARDO LIMA
14 novembro 2013
Jorge e demais antes de mais nada, gostaria de agradecer pela excelentes dicas de estudo em Marseille. Sei que o post é bastante antigo, mas gostaria de tirar algumas dúvidas sobre o assunto, pois tenho TOTAL interesse de partir no início de dezembro e ficar até março ou abril estudando francês e estou assustado com os preços das escolas de intercâmbio daqui, mesmo em baixa estação, inverno, a diferença é de quase 6 mil reais. 1- existe grande diferença de sotaque de Marseille para Paris? Pergunto sem nenhum preconceito, mas pelo fato r estudar o idioma para uso constante em trabalho e tenho receio que isso pese no uso da língua adiante, como por exemplo, o terrível inglês indiano ou o francês do Canadá?Sei que comparar o inglês da Índia com o sotaque de Marseille pode ser exagerado de minha parte, mas foi o que me veio agora? 2- gostei do perfil da escola que você estudou e até mesmo pela facilidade de ter um professor simpático ao Brasil, talvez isso ajude em acertos. Sobre a escola, eles enviam a carta de recomendação e vínculo com a escola? Algum comprovante de hospedagem? Apesar da imigração francesa não ser tão rigorosa, com essa invasão do leste europeu, percebi na última vez em Paris que as perguntas foram mais "chatas" na entrada; Vc acha que seja realmente válido para quem vai passar 3 meses? O que vc recomendaria como zelo para não ter bronca montando a documentação por conta própria? 3- O custo de vida é alto? O que vc sugere em valor por dia para alimentação , transporte, etc? 4- Vc conheceu o alojamento de estudante ? Pensei em ficar por 1 mês e nesse período buscar outro local pra mim, de preferência sem compartilhar com outro estudante. O que acha? 5-o Inverno é menos rigoroso que do Norte? 6 - se por acaso resolver ficar mais um tempo na cidade, consigo fácil o visto de estada pelo período de até 6 meses ou é arriscado? Perdão pelo excesso de perguntas, mas como meu tempo está muito apertado( penso em começar aula em 09/12), terminei perdendo o bom senso para usar sua boa vontade nas informações. Diante mão, agradeço muito suas informações e tenha certeza que foram úteis para reduzirem meus custos de ida. Abraço
Responder
    Anaté Merger
    15 novembro 2013
    Ola Eduardo, tudo bem? Quem esta lhe respondendo é a Anaté, o Jorge, ja deve ter voltado para o Brasil. Sim, exise uma diferença de sotaque entre Marselha e Paris, mas nada que o atrapalhe de aprender a lingua e que vai lhe causar um problema. Aprendi francês aqui e quando vou à Paris nao tenho nenhuma dificuldade. A diferença seria como alguém que fala português em Minas e outro em Sao Paulo. A questao relativa à escola: aconselho a entrar em contato diretamente com o estabelecimento. Sim, a imigraçao francesa é bem rigorosa, chegue com os papéis em dia. O vista de turista é de 3 meses, se ficar mais obtenha um visto de estudante. Sim, o custo de vida é alto, o segundo mais alto depois de Paris. Alimentaçao, transporte, etc. Os custos com tudo isso dependem muito. Vai apenas à escola? Vai sair todas as noites? Vai comprar em supermercado ou vai comer fora todos os dias? No site você encontra um texto sobre quanto um estudante gasta em média. Da uma olhada. Hospedagem é o que custa mais caro, conte pelo menos 400 euros por mês por um studio. No site você também encontra uma matéria sobre o "clima" na Provence. Você nao vai obter visto nenhum estando aqui. Nao se arrisque, saia com o visto do Brasil. Boa sorte!
    Responder
EDUARDO LIMA
15 novembro 2013
Anete, muito obrigado pela gentileza de suas tão úteis informações e pela atenção em responder Pois é, apesar de conseguir bons preços nas escolas de Marseille, contando ainda com simpatia do staff da escola que contactei, a hospedagem fica um pouco mais cara e isso me levou a optar, ao menos até conseguir retorno da Aliança Francesa , por Lyon. Novamente agradeço sua atenção e informações Um abraço Eduardo P S: terei quase 15 dias de recesso e pediria uma sugestão sua para passar o réveillon e Natal na França. Infelizmente , meus amigos que estão estudando fora, voltarão ao Brasil nesse período e terei de "mochilar" para um destino , de preferência na Provence. OUtro obrigado
Responder
Mônica
9 abril 2014
Oi, entrei em contato com a escola de francês que você mencionou no post. Mas infelizmente eles não possuem curso de verão pra iniciantes, nas datas que eu gostaria. Você indica outra escola? abraços
Responder
    Anaté Merger
    9 abril 2014
    Oi Monica, tudo bem? Sim, trabalhamos com outra escola. Vou lhe enviar um mail. Um abraço!
    Responder
Venícius
30 abril 2014
Prezada, Anaté. Vi que a página aqui é bem frequentada por pessoas que realmente querem estudar o Francês seja de qual forma for. Comecei meu curso aqui em Niterói ano passado, e to gostando bastante apesar de ter dificuldades com algumas palavras. Já fiz um intercâmbio para Malta, em 2012, fiquei 9 meses estudando inglês lá e foi muito bom. Pelo baixo custo do pais consegui me manter com 100 euros por semana, e no aluguel nunca paguei nada acima de 11 euros como é cobrado em alguns aptos ou hostel por lá. Tenho uma vontade de fazer o mesmo na França, numa cidade boa, de baixo custo e que eu possa aproveitar bastante sem sair muito oneroso. Tu poderia me dar dicas de cidades que se encaixam no que procuro? Tenho lido bastante sobre Lille, Lyon e Nice. Aguardo uma breve resposta. Boa semana.
Responder
    Anaté Merger
    30 abril 2014
    Oi Vinicius, tudo bem? Dê uma olhada nessa matéria publicada em 2010, ela tem alguns numeros que podem lhe ajudar a ter uma ideia dos preços por aqui: http://www.naprovence.com/2010/12/orcamento-medio-mensal-do-estudante-que-quer-passar-um-ano-na-franca/. Boa sorte e um abraço!
    Responder
Daiana
26 junho 2015
Oi Anaté, Sei que o post é antigo, mas se puder gostaria de uma ajuda. Ainda tem o contato desse professor? Queria ter uma ideia de preço. Eu já tenho moradia e estou pesquisando os cursos para me matricular e conseguir o visto
Responder
    Anaté Merger
    26 junho 2015
    Oi Daiana! Querida, de qual profssor esta falando? O rapaz que me enviou esse texto foi um aluno. Caso queira informaçoes de onde estudar aqui temos parceira com uma otima escola de francês. Vou lhe enviar os dados. Um abraço!
    Responder
Cristiana
26 julho 2016
Oi Anaté, Tudo bem? Eu também gostaria de informações sobre cursos aí. Será que poderia me mandar? Pretendo ir para França ano que vem. Abraços.
Responder
Andressa
28 setembro 2016
Olá Anaté, tudo bem? Em janeiro de 2017 gostaria de fazer um curso de francês em Marselha. Você poderia me indicar algumas escolas de idiomas, por favor? Obrigada!
Responder
    Anaté Merger
    28 setembro 2016
    Ola Andressa, tudo bem? Por enquanto so trabalho com uma escola em Aix-en-Provence, avise se essa cidade lhe interessa. Um abraço!
    Responder
Mari
16 novembro 2016
Olá! Sei que a matéria é antiga, mas estou querendo fazer um curso de Francês em Julho do ano que vem na França para avançar na língua e adorei a dica do Instituto. Os preços são realmente mais baixos que a maioria dos outros cursos que as Universidade oferecem. Anaté, você poderia me falar o valor do curso de Francês nesta escola em Aix-en-Provence? E tem algum contato de hospedagem mais em conta? Talvez algum francês que se interesse em hospedar por um mês. Obrigada, parabéns pelo site. Beijos.
Responder
Rafa
7 maio 2017
Olá, Anaté Tudo bem? Achei a matéria muito útil e interessante. Pretendo ir para Marselha ano que vem, já tenho opção de moradia, e pretendo fazer um curso de francês lá, você teria alguma sugestão? Também pretendia, depois de terminar o curso de francês, tentar fazer mestrado lá...Você sabe como funciona o mestrado lá para estrangeiros? Digo os requisitos, como é o processo ou alguma sugestão de programa de mestrado. Obrigada!
Responder
    Anaté Merger
    8 maio 2017
    Bom dia Rafa, tudo bem? Não trabalhamos com nenhuma escola de francês para estrangeiros em Marselha, apenas em Aix. Quanto ao mestrado: eles vao exigir o seu diploma e todas as disciplinas feitas na sua universidade traduzidas em francês por um tradutor juramentado, além de uma prova de títulos e uma entrevista com duas ou três pessoas para avaliar o seu nível de francês. Boa sorte!
    Responder
Barbara Gomes dos Reis
14 janeiro 2019
Boa noite. Estou procurando em Marselha escola de Francês. Você poderia me enviar algumas sugestões, por favor. Estou pretendendo ficar 1 ano. Agradeço desde já.
Responder
    Na Provence
    14 janeiro 2019
    Bom dia Bárbara, temos um acordo com uma escola de francês, mas em Aix-en-Provence. Avise se lhe interessa e lhe enviamos os dados. Abraço.
    Responder
Evandro
19 março 2020
Eu consigo sair do brasil e ir pr marselha e fazer umatricula la numa escola de idioma e prolongar o visto la mesmo sem precisar fazer um monte de coisas aqui no brasil para pedir o visto,resumindo eu fasso tudo na frança?
Responder
    Na Provence
    30 março 2020
    Bom dia Evandro, tudo bem? De forma alguma, a solicitação do VISA de estudante deve ser feita na Embaixada da França no Brasil. Eles vão pedir o comprovante da matrícula (com pagamento) e o endereço de onde vai ficar. Um abraço.
    Responder

Deixe um comentário

Nota: Os comentários no site refletem as opiniões de seus autores, e não necessariamente as opiniões do portal de internet NaProvence. Você deve abster-se de insultos, palavrões e expressões vulgares. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário sem aviso prévio ou explicações.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são assinados com *