Tel: +33 44 226 4034 • Cel: +33 60 901 4797 • Fax: +33 44 227 2862 site@naprovence.com
Horário local: 14:15 hrs • Atendimento em horário comercial (das 9:00 às 17:00 hrs)

Agência de viagem especializada no sul da França

Sugestão para o menu de domingo: salada e pintade.

Sugestão para o menu de domingo: salada e pintade.

Como entrada uma salada com tomates, pêra e creme de leite, a pintade (galinha d’angola) servida com arroz e purê de batata com brócolis é o prato principal. Um assortimento de queijos e frutas da estação encerram o almoço. Caso a pintade não seja disponível no Brasil, ela pode ser substituída por um bom frango...
Menu do Réveillon 2011.

Menu do Réveillon 2011.

Uma entrada simples feita com rolinhos de presunto recheados com purê de batata com maionese e passas abriu o jantar do Réveillon 2011. Um salmão recheado com legumes e coberto com massa folhada foi servido com farofa e arroz. Queijos e docinhos variados encerraram a comemoração do Ano Novo que continuo no almoço do dia seguinte, onde a decoração da mesa em tons de verde e prata foi mais sóbria. No menu, novamente o salmão, mas dessa vez servido frio com creme e cebolas como entrada e a poulard, uma galinha “gorda” servida com arroz como prato principal. O ano começou bem depois de um beijo para atrair boa sorte e bons fluídos embaixo do...

Chá de tomilho para facilitar a digestão depois das festas.

Com certeza você já deve ter usado o tomilho – thym em francês – em saladas, carnes ou outras aventuras gastronômicas. Mas você sabia que a erva que é um dos famosos ingredientes da mistura conhecida como “ervas da Provença” além de ser uma planta das mais aromáticas é anti-séptica, excelente contra tosses e bronquite e facilita a digestão? Essa última função descobri aqui. Essa planta que encontramos seca ou fresca pode ser usada como chá desintoxicante depois das festas. Faça uma infusão com um saquinho ou ramos da erva em uma xícara de água bem quente, coe e os excessos do Réveillon vão embora junto com o ano que...
Um menu simples e tradicional para festejar o melhor Natal da minha vida.

Um menu simples e tradicional para festejar o melhor Natal da minha vida.

Todo ano temos a mesma dúvida: o que fazer para o Natal? Neste mês de dezembro não foi diferente. Mas a grande ingónita que nos tirava o sono não era saber o que seria servido, mas se o nosso Théo estaria presente à mesa. O meu bebê quebrou o fêmur e passou o último mês internado no hospital com uma tração na perna para que o osso voltasse a sua posição normal. As longas quatro semanas terminaram e depois de colocar o gesso – para mais quinze dias de imobilização – voltamos para casa no dia 23. Fiz questão de armar a árvore para quando ele chegasse e toda a preparação do almoço de Natal ficou por conta da minha sogra. Um “pão-surpresa” com os seus sanduíches variados foi o aperitivo. Na entrada: as tradicionais ostras e o camarão servido com maionese e como prato principal uma pintade (galinha d’Angola) recheada acompanhada de um gratinado de batatas com trufas. Quatro tipos de queijos (brie, cashcaval, munster e emmental) e a bûche de Noël feita com marrons (um tipo de castanha) encerraram a refeição. Mas foram os risos do meu bebê abrindo os presentes que iluminaram a festa deste ano. Que o seu 2012 seja intenso e feliz ao lado de quem você...