Contato : +33 (0)4 42 26 40 34 WhatsApp : +33 (0)6 09 01 49 97

A odisséia para conseguir uma bolsa de estudos no exterior.

Não é fácil conseguir uma bolsa para estudar no exterior. Nesse quesito o Brasil ainda precisa evoluir muito nos incentivos oferecidos para quem quer cursar um mestrado ou doutorado fora do país, mas é claro que vale a pena correr atrás.

O primeiro passo para conseguir a sonhada bolsa é decidir o país, pois é necessário um teste de nível, e não se iluda, o nível exigido é muito alto. Para língua inglesa: TOEFL (Test of English as a Foreign Language) ou IELTS (International English Language Test). Para a língua francesa o TCF, em alemão o certificado do Instituto Goethe, a Espanha exige o DELE e a Itália o teste do Instituto de Cultura Italiana. Se informe na instituição onde você vai solicitar a bolsa qual é a pontuação exigida. Um detalhe importante: esses testes geralmente têm validade de dois anos. Ou seja, se quer fazer um curso no exterior comece a estudar seriamente a língua em questão ainda hoje.

Outro ponto importante é o projeto a ser enviado. Verifique as áreas de destaque e faça a adequação do seu projeto em relação a que esteja sendo incentivada pelo órgão que oferece a bolsa. Depois da língua e do projeto passamos à fase da documentação. Muita atenção à essa etapa, precisamos enviar todos os documentos exigidos ou corremos o risco de ter a bolsa negada por um simples detalhe. Por exemplo: no final do ano passado tive um processo cancelado porque o órgão onde dei entrada exigia um documento da faculdade com a descrição das taxas escolares e um outro referente à minha aprovação no curso. A faculdade fez um documento só com as duas informações….E, acredite ou não, a minha candidatura foi cancelada.

Com tudo isso pronto falta receber o “sim” do seu orientador. Dicas finais, mas não menos importantes : estar por dentro da diferença entre o começo e o fim do ano letivo no Brasil e no país do seu interesse, acompanhar de perto os editais e jamais deixar tudo para a ultima hora. Para saber mais visite os sites do CNPQ e da Universia.

Experiência e texto de Nathália Duarte.

Procurando hospedagem ? 

Clique aqui e veja com quem trabalhamos: Booking. 

A nossa assessoria é gratuita para todos os clientes que optam por se hospedar com os nossos parceiros. Além de contar com a consultoria de quem conhece e mora na Provence, você não paga mais nem um centavo por isso.

Aguardamos o seu mail caso tenha alguma dúvida de como funciona o nosso serviço: site@naprovence.com.

Tags:, , ,

4 Replies to “A odisséia para conseguir uma bolsa de estudos no exterior.”

Glenda
3 fevereiro 2011
Vixe... eu ainda posso aumentar as "dificuldades" para conseguir uma bolsa "plena" (já que para quem tem algum vínculo com Universidade brasileira, as opções de doutorado sanduíche são bem mais fáceis) na Espanha, que é o meu caso. Algumas exigências: estar vivendo no Brasil nos dois anos que antecedem a solicitação da bolsa; ter menos de 35 anos; ter menos de 4 anos de formado, voltar ao Brasil depois de concluído o curso... A melhor opção para quem ainda está no Brasil é ter um vínculo com alguma Universidade brasileira e depois pedir uma ajuda de intercâmbio. Do contrário, as chances diminuem bastante. Experiência própria.
Responder
    AnaTe
    4 fevereiro 2011
    Valeu as dicas amiga! Obrigada!
    Responder
Miguel
13 dezembro 2013
Estou a inscrever-me na bolsa plena no exterior. Mas a situação é que já me encontro aqui a estudar. Portanto, penso que o critério de residência nos últimos dois anos complica. Já agora, como é que eles conseguem verificar isso? Fazem-no através do quê?
Responder
    Anaté Merger
    13 dezembro 2013
    Oi Miguel, tudo bem? Você pode entrar em contato com o Campus France, esse site cuida desse tipo de assunto e pode lhe dar uma resposta mais precisa sobre o que procura. Boa sorte! :-)
    Responder

Deixe um comentário

Nota: Os comentários no site refletem as opiniões de seus autores, e não necessariamente as opiniões do portal de internet NaProvence. Você deve abster-se de insultos, palavrões e expressões vulgares. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário sem aviso prévio ou explicações.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são assinados com *