Contato : +33 (0)4 42 26 40 34 WhatsApp : +33 (0)6 09 01 49 97

Hospedagem para estudantes na França: caro e complicado de achar.

Paris em primeiro lugar, seguida pela região de Ile-de-France (arredores da capital), Nice e Aix-en-ProvenceA lista não tem nada a ver com o turismo, mas com as cidades mais caras em relação ao preço do aluguel cobrado para estudantes na França. É o que indica uma pesquisa publicada pelo site location-etudiant.fr que verificou pelo quarto ano consecutivo os valores do aluguel de um studio, T1 e “duas peças” praticado por particulares e agências imobiliárias. 506 euros é a média do aluguel de uma kitinete (studio) em Aix-en-Provence, em 2010 esse valor era de 484, ou seja, um aumento de 4,55%.

Veja aqui os valores divulgados e boa sorte para encontrar o seu:

T1/Studio

Os aluguéis para estudantes aumentaram em quase todas as cidades francesas (2,35%). As cinco cidades mais caras são: Paris (648 euros), Ile-de-France(566 euros), Nice (535 euros) e Aix-en-Provence/Lyon (506 euros).

T2

Se Aix faz parte do pelotão de cidades mais caras, ela registra uma baixa no preço do duas peças (-0,83%) em relação à 2010: Paris (998 euros), Ile-de-France (886 euros), Nice (721 euros), Aix-en-Provence e Lille (719 euros).

Procurando hospedagem ? 

Clique aqui e veja com quem trabalhamos: Booking. 

A nossa assessoria é gratuita para todos os clientes que optam por se hospedar com os nossos parceiros. Além de contar com a consultoria de quem conhece e mora na Provence, você não paga mais nem um centavo por isso.

Aguardamos o seu mail caso tenha alguma dúvida de como funciona o nosso serviço: site@naprovence.com.

Tags:,

Deixe um comentário

Nota: Os comentários no site refletem as opiniões de seus autores, e não necessariamente as opiniões do portal de internet NaProvence. Você deve abster-se de insultos, palavrões e expressões vulgares. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário sem aviso prévio ou explicações.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são assinados com *