Contato : +33 (0)4 42 26 40 34 WhatsApp : +33 (0)6 09 01 49 97

O que ver em Marselha à pé?

Começe a visita de Marselha pelo Panier, há 26 séculos ele é o palco onde acontece a história da cidade. Do Hôtel de Ville à La Vieille Charité, o passeio pelo bairro mais antigo da França, reconstruído depois da demolição do inverno de 1943, nos apresenta belas surpresas: o Hôtel Dieu, a Maison Diamantée,  a igreja Saint Laurent e o Musée des Docks Romains

Siga à pé para a abadia de Saint-Victor: magistral exemplo de igreja fortificadada do século XIV, mas que está presente na cidade desde o século V (+2€/por pessoa para entrar nas criptas).

Com muita disposição suba em direção da Notre-Dame de la Garde e dos seus Ex-votos. A fortaleza e santuário abriga emocionantes testemunhos da fé do povo (os mosáicos foram restaurados em 2008). 

Voltando ao Vieux Port, temos os fortes Saint-Nicolas e Saint-Jean, suberbos exemplos de arquitetura militar,  símbolos do poder real, eles continuam guardando a cidade mais velha da França. Os Arcenaulx contam a história do Grand Arsenal e a sua relação com a cidade através de Louis XIV (visita da sala Louis XIV do Musée d’Histoire no Centre Bourse, +2€/por pessoa). Praticamente desconhecido, o vilarejo de Malmousque, à margem do Mediterrâneo e a alguns passos das espetaculares casas da Corniche, mantêm a intimidade de uma cidadezinha de pescadores.

A École de Danse foi criada pelo arquiteto Roland Simounet e abriga o Ballet Nationale de Marseille. Os Docks de la Joliette, testemunhas do passado comercial de Marselha, são hoje um exemplo de reabilitação dentro do projeto EuroméditerranéePara quem vem aproveitar as festas de Natal, um passeio pelas tradições marselhesas dos santons e preséprios é obrigatória. Como uma visita às igrejas de Saint Cannat e Saint Ferréol. E para terminar, L’estaque e os artistas. No fim do século passado começou ess relação de sucesso com a chegada de Cézanne no pequeno porto de l’Estaque. A aventura que se segue dá nascença à paisagem moderna. Para quem quer continuar mais um pouquinho: visita do Fortin de Corbières (Fondation Monticelli).

Sugestões dadas pelo Office de Tourisme de Marseille. 

Procurando hospedagem ? 

Clique aqui e veja com quem trabalhamos: Booking. 

A nossa assessoria é gratuita para todos os clientes que optam por se hospedar com os nossos parceiros. Além de contar com a consultoria de quem conhece e mora na Provence, você não paga mais nem um centavo por isso.

Aguardamos o seu mail caso tenha alguma dúvida de como funciona o nosso serviço: site@naprovence.com

Tags:, ,

Deixe um comentário

Nota: Os comentários no site refletem as opiniões de seus autores, e não necessariamente as opiniões do portal de internet NaProvence. Você deve abster-se de insultos, palavrões e expressões vulgares. Reservamo-nos o direito de excluir qualquer comentário sem aviso prévio ou explicações.

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são assinados com *